Camada 2

Entenda o que são as infecções respiratórias

Fonte: Diagnósticos do Brasil
Publicado em: 23/03/2022, 17:26

Você sabe o que são as infecções do trato respiratório? São infecções que surgem em qualquer região do trato respiratório. É possível atingir as vias aéreas superiores, como narinas, garganta ou ossos da face, e as vias aéreas inferiores, como pulmões e brônquios.

Normalmente, estas infecções são causadas por bactérias, vírus, ou fungos e provocam sintomas como, coriza, espirros, tosse, febre entre outros. Em geral, são mais comuns no inverno, porque, em temperaturas mais baixas, há a tendência de as pessoas ficarem em ambientes fechados, com maior circulação e exposição aos microrganismos.

Quais são os principais sintomas?

Os sintomas vão variam dependendo da patologia, mas geralmente os mais comuns de uma infecção respiratória são:

  • Nariz entupido;
  • Tosse intensa, com secreção ou não;
  • Mal-estar geral;
  • Dor de cabeça;
  • Dor na face;
  • Coriza;
  • Febre;
  • Dor no pulmão.

Em algumas situações, quando ocorre manifestação de falta de ar, pode ser um sinal importante de que a infecção está se agravando. Sendo assim, recomenda-se fazer uma avaliação médica no hospital, para iniciar o quanto antes o melhor tratamento.

Como confirmar o diagnóstico?

Para identificar uma infecção respiratória, é necessária a avaliação de um especialista, que analisará os sintomas e fará uma avaliação clínica, com ausculta dos pulmões e observação da faringe.

Caso haja suspeita de infecções mais graves, como, COVID-19, pneumonia e tuberculose, ou dúvidas em relação à causa dos sintomas, é necessária a realização de outros exames, por exemplo: os de sangue (como hemograma), de escarro e cultura de secreções, além de raio X ou tomografia de tórax.

Existem também os exames de PCR-Covid, Antígeno Covid, Painel Respiratório (Covid, Vírus Sincicial, Influenza A e B), inúmeros exames para diagnósticos de doenças respiratórias. Desse modo é possível identificar o microorganismo que causou a infecção e optar pelo tratamento mais indicado.

Quais seriam as possíveis causas?

São diversas as infecções que podem atingir o trato respiratório. Alguns exemplos de infecções mais comuns são:Resfriado comum ou gripe;

  • Sinusite;
  • Faringite;
  • Amigdalite;
  • Bronquite;
  • Pneumonia;
  • COVID-19;

Qual é o tratamento indicado?

O tratamento depende da causa e da gravidade da infecção. Porém, normalmente, é indicado repouso, muita hidratação e uso de analgésicos e antitérmicos. A indicação de antibióticos, como Amoxicilina ou Azitromicina, ocorre apenas em casos de suspeita de infecção por algumas bactérias específicas. Os antifúngicos também são utilizados, quando há suspeita de infecção por fungos.

Em alguns casos, faz-se necessário solicitar a fisioterapia respiratória, para a retirada das secreções pulmonares e assim aliviar o desconforto que a doença provoca.

É importante ressaltar que, em casos de doenças crônicas, o tratamento auxilia na diminuição ou na eliminação dos sintomas. Logo, será solicitado um tratamento prolongado com o intuito de a doença ser eliminada ou, ao menos, não ter crises fortes. Outro ponto importante é o cuidado com a automedicação, ainda mais que muitos vírus conseguem se tornar resistentes com a ingestão de medicação periódica, tornando cada vez mais difícil eliminá-los do organismo.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Política de Cookies
Configuração de Cookies
Aceitar todos os Cookies